segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Resenha - A Arma Escarlate



Título:  A Arma Escarlate
Autora:  Renata Ventura
Número de páginas:  445
Editora:  Novo Século

Sinopse:

O Ano é 1997. Em meio a um intenso tiroteio, durante uma das épocas mais sangrentas da favela Santa Marta, no Rio de Janeiro, um menino de 13 anos descobre que é bruxo. Jurado de morte pelos chefes do tráfico, Hugo foge com apenas um objetivo em mente: aprender magia o suficiente para voltar e enfrentar o bandido que está ameaçando sua família. Neste processo de aprendizado, no entanto, ele pode acabar por descobrir o quanto de bandido há dentro dele mesmo.



Resenha:

O Grande motivo que Renata Ventura teve para criar a Obra 'A Arma Escarlate' ambientalizado no Brasil, foi devido a  entrevista com J.K. Rowling onde uma fã perguntou se a autora pretendia escrever um livro sobre uma escola de magia ambientada em outro país. A autora disse que não, mas que todos se sentissem à vontade para escrever seu próprio livro assim.


A escola Nossa Senhora do Korkovado localiza-se dentro do morro do Corcovado (o morro do Cristo Redentor). E então, sendo uma escola no Brasil podemos esperar é claro falta de professores especializados em alguma matéria, professores que se odeiam, outros extremamente faltosos, bagunça na prórpia organização da escola, pessoas reclamando, enfim Um caos total! 
Bem coisa do Brasil mesmo kkkkkkkkk

Motivos pelos quais eu gostei do livro:
 1) Uma narrativa leve e de fácil leitura, 
2) os personagens do livro, onde cada um deles tem alguma características que os tras para dentro da nossa realidade em nosso país.
 c) o enredo em si que nos instiga do começo ao fim. Afinal, Idá ou "HUGO" - como ele prefere ser chamado, é totalmente o contrario de um personagem comum e entra na escola para aprender magia ao maximo, para poder se vingar.

LOGO NA NOTA DA AUTORA, VOCÊ JA FICA CURIOSO
Logo no começo do livro , na nota da autora, eu me surpreendi quando vi: "Porque eleé o Hugo! E o Hugo é indomável." 

A relação dese livro comigo é algo assustadoramente incrivel!! 
No começo, eu via muitas pessoas falando do livro, nclusive diversos amigos amigos meus me recomendaram,  mas não me interessava sabe por que? Por que muitos comparavam a obra de Renata Ventura com a Obra de J.K. Rowling da qual sou fã.

 Porém, depois de começar a ler me apaixonei no mesmo instante e hoje digo em remorcio; Não há como não comparar ambas as obras. Cada uma delas é perfeita em sua própria realidade o que as torna especiais e inesquecíveis.

Idá (ou Hugo) e Harry (O-menino-que-sobreviveu) são iguais por serem bruxos mas são totalmente diferentes em suas personalidades. Harry era sempre o garoto santinho porem amado por muitos. Já Idá não, ele sofreu e sofre muito no morro onde mora passando por situações que doem até mesmo de se falar, porem ele se mantem forte e em tudo o que pensa é: Se tornar forte e poder derrotar seu inimigo de uma vez por todas.

Renata Ventura. A autora que conseguiu da sua forma mostrar e apontar erros e virtudes do nosso país de uma forma divertida , descontraida e gostosa de se ler. Erros demasiadamente principais para que possamos crescer como PAÍS E NAÇAO! 

Aguardamos os próximos livros!!

Bom para terminar essa resenha vamos mandar um 'salve' para a querida diretora "Zôzô" e desejar que a conselheira Dalila Lacerda não caia da escada qualquer hora. hahaha ou caia u.u

Li e recomendo a todos .
Vamos sempre ler porque ler é vida. E a vida nos foi dada para aproveitar-mos!

um grande abço deste que vos escreve. Fiquem com Deus. ATé a próxima.
Beto ^^